Aguarde estamos carregando o maior site especializado em Palmeiras
  1. FutVerdão

A Mediação da FPF no Choque-Rei: Casares e Leila se Rencontram

Por Redação FutVerdão em 12/03/2024 20:32

Reinaldo Carneiro Bastos Assume Responsabilidade e Busca Soluções

O presidente da Federação Paulista de Futebol (FPF), Reinaldo Carneiro Bastos, reconheceu a responsabilidade da entidade na confusão ocorrida durante o Choque-Rei. Ele afirmou que a FPF precisa ter um cuidado especial com jogos de alta rivalidade e que trabalhará para "estancar o problema".

Encontro entre Casares e Leila Pereira: Uma Tentativa de Apaziguar

Após o polêmico clássico, Reinaldo Bastos convocou os presidentes de São Paulo e Palmeiras, Julio Casares e Leila Pereira, para uma reunião. O objetivo era acalmar a relação entre os clubes e evitar que o caso se repetisse em futuros clássicos.

Denúncias e Punições Após o Choque-Rei

Após o clássico, vários membros do São Paulo, incluindo o presidente Julio Casares, o diretor de futebol Carlos Belmonte e os jogadores Calleri, Wellington Rato e Rafinha, foram denunciados pelo TJD-SP. Eles foram enquadrados no artigo 258 do CBJD, que prevê penas de suspensão para atletas e dirigentes envolvidos em confusões.

A Polêmica do Túnel: Ofensas e Reações

No túnel que dá acesso aos vestiários, dirigentes e jogadores do São Paulo reclamaram aos gritos do árbitro Matheus Delgado Candançan. O diretor de futebol do clube, Carlos Belmonte, ofendeu o técnico do Palmeiras , Abel Ferreira, de "português de m...".

Repúdio do Palmeiras e Reação de Abel Ferreira

O Palmeiras divulgou uma nota oficial repudiando as ofensas de Belmonte, tratando-as como um ataque xenofóbico. A presidente do clube, Leila Pereira, afirmou que o diretor seria visto como "persona non grata". Abel Ferreira não pôde comentar o tema após a partida, mas posteriormente se manifestou e não descartou entrar com um processo contra Belmonte.

AVALIE ESTA NOTÍCIA

Comentários: